Buscar

Antes de plantar melaleuca, leia isto



Minha empresa tem um produto genial, um gel baseado em óleo essencial de Melaleuca Alternifolia, de origem australiana. A plantação obedece boas práticas e o óleo é produzido e testado em rigorosos padrões ISO. Estamos seguros e orgulhosos de estarmos associados à ATTIA pela GermXit, desde o começo.

Mas chegando ao Brasil, temos o de sempre andamos na contramão. Essa árvore, linda e aromática, está entra as cem piores espécies invasoras do mundo, segundo a lista do Programa Global para Espécies Invasoras (GI


SP), ligado à Convenção da Biodiversidade. Mas no Brasil, a espécie foi considerada domesticada. Uma aberração.

Sapateamos em cima das nossas maiores riquezas, fonte de renda de vários municípios que se aventuram a aceitar essa espécie no quintal. Pagarão caro, como na Flórida. Ignoramos o básico. A melaleuca tem uma taxa de reprodução altíssim


a e destruirá flora e fauna, além da água, onde estiver.

Podemos e devemos usar esse óleo poderoso oferecido pela natureza, buscar as fontes certas. Há muita coisa boa a fazer, basta não pecar na ganância infantil e destruidora.

Não quero que as espécies já reduzidas e em risco e as próximas gerações paguem pela ignorância em voga por aqui. Por favor, não plante Melaleuca Alternifolia em sua cidade. Conheça mais as nossas árvores. Seja responsável.

Verifique


as fontes - GISP, Flórida, Attia - e não deixe de visitar a página da GermXit.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo